Fake News, assassinato de reputação, Carlos Bolsonaro e a Tortura





O filho do deputado federal Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro, publicou em seu Instagram uma foto de um homem que aderiu a campanha promovida pelas dondocas da Globo simulando estar sendo torturado. Calos ironizou o fato, contudo a impressa FAKE NEWS conseguiu transformar o acontecido em um caso de apologia a tortura.
Pura ginástica mental para assassinar a reputação de Jair Bolsonaro e sua família.
É o desespero da imprensa para proteger o establishment que sabe que quando Jair Bolsonaro se tornar presidente do Brasil acabará com a mamata das emissoras de Tv, dos jornais e dos artistas que vivem de incentivos financeiros do governo, a famosa Lei Rouanet e ouros programas.
Felizmente a tentativa de assassinato contra Jair Bolsonaro falhou e ele segue vivo e mais forte do que nunca para a disputa eleitoral, irá derrotar o sistema vigente e dará início a uma nova era para o Brasil.
Faço um apelo também para todos aqueles que lutamos contra os avanços do progressismo, socialista e liberal, para não darmos como guerra vencida quando Bolsonaro se tornar presidente, essa será apenas uma das batalhas, a mais importante de todas elas, mas isso não nos garantirá a vitória plena. Precisamos tomar de voltas espaços importantíssimos, como as universidades, as escolas, as rádios, as redações de jornal, as igrejas, as associações de bairro e tantos outros espaços que a esquerda veio ocupando durante décadas. Será uma batalha árdua, mas venceremos, mesmo que isso demore anos, mas nós sairemos vitoriosos, pois estamos com a Verdade.




Comentários