Postagens

O comércio da arte

Imagem
A prática do consumo de arte é uma prática muito recente. Para se entender isso, é preciso, primeiramente, distinguir entre obra de arte e bem de consumo. Antigamente, não se comercializava obras de arte como hoje se vende roupa numa loja. A obra de arte historicamente sempre foi tida como produção do espírito humano resultante de um determinado conjunto de técnicas mais ou menos bem aplicadas sobre um objeto, e que exprimia nele certas qualidades sensíveis. Quanto maior era a qualidade artística da obra, maior era seu valor. E a fruição da obra necessitava de presença física, visto que não era possível reproduzi-la em grande escala. Quem atrelou o valor da obra de arte a um potencial de consumo foram liberais e capitalistas, a partir da possibilidade de se reproduzir cópias das mesmas com fins de obtenção de lucro. Isso infelizmente acabou por redesenhar o lugar e o significado da obra de arte. Assim, na virada do séc. XIX para o XX, a definição do valor de uma obra começa a passar por…

A oração de Olga Romanov

Imagem
Olga Romanov era conhecida por seu coração benevolente e vontade de ajudar os outros desde seus primeiros anos, porém também por seu temperamento, honestidade direta e mau humor. Ela usava um colar com a imagem de São Nicolau. 
"As suas principais características [...] eram uma forte força de vontade e um singular hábito de sinceridade no pensamento e ação", escreveu Anna Vyrubova, amiga da imperatriz, que lembrava do temperamento de Olga e suas lutas para manter-se sob controle. "Qualidades admiráveis numa mulher, essas mesmas características eram ocasionalmente difíceis de lidar na infância, e Olga quando pequena às vezes mostrava-se incontrolável e desobediente". Olga foi forçada a assistir à morte da sua adorada irmã Tatiana, antes de ela própria ser morta com o resto da família, na noite de 17 de Julho de 1918. Já depois da sua morte, o seu antigo tutor, Pierre Gilliard, descobriu uma oração escrita por ela em Tobolsk, dentro de um livro que ele tinha conseguido…

O massacre da Família Romanov

Imagem
Há 100 anos atrás, a família Romanov foi brutalmente assassinada pelos bolcheviques por ordem do comitê executivo dos Urais, durante a Revolução Russa. Após a família imperial russa ter sido morta com disparos e baionetas, seus corpos foram arrastados para uma mina, onde foram destroçados com granadas, posteriormente foram enterrados e cobertos com ácido, nessa cena de absoluta barbárie, algum dos corpos das mulheres foram abusados sexualmente. 
Com o fim da União Soviética em 1991, a família foi canonizada pela Igreja Ortodoxa russa. Os Romanov assim como tantos outros cristãos - católicos e ortodoxos - foram mártires do comunismo.

Leia também: Os apelos do Papa Bento XV: a tentativa de salvar as damas sobreviventes da família imperial russa


Como acabar com o lobby pró Pedofilia no Brasil?

Imagem
- Em tudo que estiver relacionado sexo, gênero, idade de consentimento, retirar tudo o que estiver escrito " sem consentimento dos pais". Isto impedirá uma "emancipação infantil" dos pais dando poder, autoridade aos pais sobre seus filhos por meio legal. - Criar um projeto de lei que iguale a idade de consentimento sexual e autonomia do corpo junto à Maioridade Civil. Isso criará meios legais de punição a qualquer um que indique querer algo com um filho ou filha menor de 18 anos de idade. Esse próximo eu admito que em nossa sociedade imoral é uma utopia. Mas fica o pedido. - Um projeto de lei que criminalize relações sexuais entre menores de idade. Isto diminuirá tanto gravidez indesejada, quanto doenças sexualmente transmissíveis e principalmente aumentará a ciência dos pais sobre os relacionamentos e com quem seus filhos se relacionam, e o que fazem. Se uma garota menor de idade engravidar de um menor também de idade, este seria preso, pois teria feito um ato sem co…

Os apelos do Papa Bento XV: a tentativa de salvar as damas sobreviventes da família imperial russa

Imagem
“O Vaticano foi atraído para esta campanha frenética afim de resgatar as "damas sobreviventes" da família imperial russa. Na altura, a imprensa soviética havia apenas assumido que Nicolau fora assassinado, não sua esposa e filhos. Em 11 de agosto, o jornal L'Osservatore Romano informou que o papa Bento XV (que, como o rei neutro da Espanha, esteve envolvido em trabalho humanitário durante a guerra) ofereceu-se para cobrir todos os custos decorrentes da mudança da família de Nicolau II para a Espanha, tendo pedido às vias diplomáticas que agissem o mais depressa possível por razões de compaixão. Ele também ofereceu um refúgio à viúva (a imperatriz Alexandra, que pensavam estar viva) e "uma anuidade para permitir que ela vivesse de acordo com a dignidade de sua posição". O anúncio do jornal foi um resumo de um telegrama dolorosamente obsequioso ao chanceler alemão, enviado pelo núncio do papa, Eugenio Pacelli (futuro Papa Pio XII), informando-o do desejo de Sua Sa…

Neo Conservador é uma Desgraça

Imagem
Estão comparando a Malala com a Mia Khalifa. Dizendo que a segunda fez mais pela liberdade das mulheres muçulmanas que a primeira. Acontece que essa é uma comparação completamente idiota. Ambas são aparelhos de destruição civilizacional. Mia Khalifa é uma atriz pornô, uma prostituta enquanto a Malala é uma disseminadora do feminismo moderno, ambas são instrumentos do libertarianismo universal. O pior de tudo é a celebração que os ditos conservadores fazem em cima disso, falam sem nenhum tipo de vergonha que consomem pornografia ao mesmo tempo que se dizem bastiões e portadores do estandarte da moralidade. Enquanto isso os valores cristãos são soterrados por secularismo. Então me respondam "conservadores". Vocês querem mesmo restaurar a moralidade que fora subvertida pelos liberais e socialistas ou vocês só têm implicância com beijo gay em novela?



A profanação do rosto

Imagem
''Na pornografia, o rosto não tem papel a desempenhar exceto o de ser submetido ao império do corpo. Os beijos não tem importância, e os olhos olham para o nada já que não se busca nada além do prazer imediato. Tudo isso corresponde a uma marginalização, efetivamente uma espécie de profanação, do rosto humano. E essa profanação do rosto é também uma anulação do sujeito. O sexo, na cultura pornográfica não é uma relação entre sujeitos, mas uma relação entre objetos.''

Roger Scruton, in O Rosto de Deus